Simbolo do Jornal Satelite         Logo do Jornal Sateliteselo

 Data::Hora Javascript

Grande Taguatinga

flagrante3
  • * GDF apresenta proposta de compra do Centro Administrativo, em Taguatinga, por R$ 370 milhões

  • * Taguatinga recebe operação integrada dos órgãos de segurança do GDF com vistas ao DF e região

  • * Taguatinga é a 2ª RA no ranking de casos de pessoas contaminadas pela varíola dos macacos no DF

  • * Desde o início da pandemia de Covid-19, Taguatinga já registrou 62,1 mil casos e 1,1 mil mortes

  • * Homem mata colega de trabalho a tiros após briga em uma loja na M Norte, em Taguatinga

Instagram

instagram

Edições Impressas

CLIQUE AQUI

para ler as edições passadas 

Desde 21 de Abril de 1966, o JORNAL SATÉLITE teve edições mensais impressas.

A partir de Janeiro de 2019, deixamos de imprimir o jornal em papel, dando mais atenção à sua edição digital, agora diária.

Você pode ter acesso às edições impressas clicando na foto acima.

O leitor escreve

* Buracos estão sendo tapados

* Comunidade se movimenta

* Academia Taguatinguense de Letras

21 06 2022 flagrantenovosestacionamentosTaguatinga21/6/2022

O 22º boletim epidemiológico da Subsecretaria de Vigilância à Saúde, da Secretaria de Saúde (SES-DF), mostra mais quatro mortes por dengue no Distrito Federal em 2022. Até o último boletim, atualizado em 10 de junho, havia três óbitos registrados no DF. Agora, o DF soma sete casos fatais da doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti neste ano, segundo relatório atualizado na última sexta-feira (17/6). A dengue matou cinco mulheres e dois homens. Quatro vítimas tinham entre 60 e 69 anos e três, mais de 80. As mortes ocorreram em Ceilândia (2), Lago Norte (1), Samambaia (1), Sobradinho 2 (2) e Planaltina (1). Desde janeiro, foram confirmados 897 notificações da doença com sinais de alarme e 42 casos graves no DF. No mesmo período de 2021, houve nove óbitos por dengue no DF. Nos seis primeiros meses do ano, o DF alcançou a marca de 54.713 casos prováveis de dengue. O número representa aumento de 466% nesse quesito, na comparação com o mesmo período de 2021, quando houve 9.928 notificações. Com relação à situação da doença nas regiões administrativas, Ceilândia apresentou o maior número de casos prováveis, com 9.730 ocorrências, seguida de Samambaia, com 4.931, e Planaltina, com 2.981. Em seguida, aparecem São Sebastião (2.963) e Taguatinga (2.914). Estas cinco regiões administrativas apresentaram um total de 23.519 casos prováveis de dengue, ou seja, 44,2% do total de casos prováveis do DF.
Texto: Francisco Welson Ximenes
Foto: Internet

 

 

 

 

Espaço para publicidade

da sua empresa

ou do seu negócio

 

 

Ligue (61) 99975-2121

 

 

 

 

 

Compre em Taguatinga

Banner