Simbolo do Jornal Satelite         Logo do Jornal Sateliteselo

 Data::Hora Javascript

Grande Taguatinga

flagrante3
  • Taguatinga é a segunda Região Administrativa com o maior número de moradores de rua do DF

  • * Escoramento da obra do túnel do centro de Taguatinga desaba na altura da Comercial Norte

  • * Governo do Distrito Federal reforma áreas de esporte e lazer em Taguatinga

  • *Motolâncias do Samu "driblam" trânsito para garantir rápido atendimento em Taguatinga e demais RA´s

  • * GDF inicia obra de drenagem para acabar com os alagamentos na QNL 1/3, em Taguatinga

Instagram

instagram

Edições Impressas

CLIQUE AQUI

para ler as edições passadas 

Desde 21 de Abril de 1966, o JORNAL SATÉLITE teve edições mensais impressas.

A partir de Janeiro de 2019, deixamos de imprimir o jornal em papel, dando mais atenção à sua edição digital, agora diária.

Você pode ter acesso às edições impressas clicando na foto acima.

O leitor escreve

* Buracos estão sendo tapados

* Comunidade se movimenta

* Academia Taguatinguense de Letras

07 04 2021 flagranteparquesaburoonoyamaTaguatinga7/4/2021

O Instituto Brasília Ambiental está visitando todos os parques que fazem parte do programa Parque Educador para verificar a existência e as condições de suas trilhas ecológicas. O objetivo é torná-las aptas a receber visitas de estudantes e professores, para ser palco de aulas práticas. A equipe esteve no Parque Saburo Onoyama, em Taguatinga, para uma vistoria. “Estamos mapeando as trilhas existentes, prevendo placas educativas, informativas e direcionais para sinalização delas, de forma a torná-las ferramentas de utilização pelos professores para o atendimento aos alunos. Essa é uma reivindicação dos próprios professores. Trabalhamos agora para quando as aulas voltarem a serem presenciais, já termos condições de atender a essa solicitação”, explicou a analista ambiental, Mariana Ferreira dos Anjos. A sinalização das trilhas será um misto de marcação rústica, que indica o sentido de direção da trilha de forma personalizada, e placa com conteúdo de educação ambiental que os professores estão produzindo com os alunos neste semestre virtual. Além do mapeamento e do levantamento das necessidades de sinalização, a equipe está identificando os trechos das trilhas ecológicas, verificando se os percursos das trilhas cabem, em termos de tamanho e tempo para serem feitos, dentro dos momentos de visitas dos alunos das escolas públicas previstas pelo programa. “Os percursos têm que se encaixar em no máximo três quilômetros, com condições de serem feitos entre uma hora e meia e duas horas”, ressaltou Mariana.
Texto: Francisco Welson Ximenes
Foto: Agência Brasília

 

 

 

 

Espaço para publicidade

da sua empresa

ou do seu negócio

 

 

Ligue (61) 99975-2121

 

 

 

 

 

Compre em Taguatinga

Banner