Simbolo do Jornal Satelite         Logo do Jornal Sateliteselo

 Data::Hora Javascript

Grande Taguatinga

flagrante3
  • Mulheres esportistas ficam sem iluminação para treinar em quadra de Taguatinga

  • * IFB abre 135 vagas para curso gratuito de Libras em Taguatinga

  • * Centro Administrativo do GDF, em Taguatinga, pode ser ocupado em março

  • * JK Shopping, em Taguatinga, recebe feira de adoção de animais

  • * Senac abre vagas para cursos técnicos no DF, inclusive para Taguatinga

Edições Impressas

CLIQUE AQUI

para ler as edições passadas 

Desde 21 de Abril de 1966, o JORNAL SATÉLITE teve edições mensais impressas.

A partir de Janeiro de 2019, deixamos de imprimir o jornal em papel, dando mais atenção à sua edição digital, agora diária.

Você pode ter acesso às edições impressas clicando na foto acima.

O leitor escreve

* Buracos estão sendo tapados

* Comunidade se movimenta

* Academia Taguatinguense de Letras

09-07-2018 flagrantesequestroaplicativoemTaguatinga

9/7/2018

Um motorista do aplicativo 99 Pop, de 51 anos, foi feito refém, durante quase duas horas. O condutor aceitou o chamado, feito por uma suposta cliente do sexo feminino, para corrida em Taguatinga, na QND 52, e quando chegou ao local foi abordado por três homens. Os suspeitos obrigaram a vítima a continuar na direção do veículo. O condutor do aplicativo, então, teve de percorrer as regiões de Taguatinga e Ceilândia para que os criminosos entregassem e comprassem drogas. Quando o veículo se aproximou de um semáforo, a vítima reconheceu o condutor de um automóvel, um sargento da Polícia Militar, que parou ao lado. “Pisquei o farol, mas ele não entendeu. Sinalizei novamente, fiz um gesto de assalto e ele começou a seguir a gente”, disse o motorista do aplicativo. A vítima conseguiu parar o carro em outro semáforo e o PM, que estava de folga, abordou e prendeu os suspeitos. Os três bandidos foram levados para a 23ª Delegacia de Polícia, em Ceilândia. Segundo a Polícia Militar, os criminosos já tinham passagens pela polícia. O caso é investigado pela Polícia Civil.

Texto: Francisco Welson Ximenes

Foto: Reprodução/Internet

 

 

 

 

Espaço para publicidade

da sua empresa

ou do seu negócio

 

 

Ligue (61) 99975-2121

 

 

 

 

 

Banner
Banner