Simbolo do Jornal Satelite         Logo do Jornal Sateliteselo

 Data::Hora Javascript

Grande Taguatinga

 

 

Entidades Comunitárias de Taguatinga se reúnem para debater a cidade, elegendo os "Destaques do Ano"

Avaliação do Usuário: / 2
PiorMelhor 

ENCONTRO DOS INDIGNADOS PROTETORES DA GRANDE TAGUATINGAEntidades, lideranças e Pioneiros de Taguatinga, convidados pelo JORNAL SATÉLITE, se reuniram para debater a situação da cidade, ocasião em que elegeram os “Destaques do Ano”

 

 PREOCUPADO com a enxurrada de  reclamações sobre a atual falta de atenção de todos os órgãos do GDF para com Taguatinga, o JORNAL SATÉLITE consultou entidades comunitárias da cidade a respeito. A consulta acabou resultando na promoção do I Encontro dos Indignados Protetores  de Taguatinga, em parceria com a OAB-Taguatinga, ACIT –  Associação Comercial e Industrial de Taguatinga, conselhos de Segurança e de Saúde, Câmara de Vereadores Comunitários de Taguatinga, a ASVECOM – Associação dos Veículos de Comunicação, e a Academia Taguatinguense de Letras; também estiveram presentes pioneiros, dois ex-administradores de Taguatinga e representantes de outras entidades comunitárias.


FALTA ATENÇÃO    
“Depois de um período em que a cidade foi tratada como a metrópole que ela é, a gente sente que diminuiu a atenção do GDF para com Taguatinga. Nossa cidade só é usada para resolver problemas de todo o DF desde sua implantação. Se não fosse a iniciativa privada e as lideranças comunitárias, Taguatinga ainda seria um núcleo dormitório, como os governantes, desde o início, sempre desejaram. Agora que Taguatinga corre o risco de perder mais área e até instituições importantes como o Taguaparque, o Pistão Sul e até a Universidade Católica, em função da  desastrada Conferência das Cidades, acho que é preciso chamar a atenção das autoridades para nossa indignação. Taguatinga tem que ser tratada como a metrópole que ela é”, afirmou o Advogado Wílon Wander Lopes, que idealizou o I Encontro.

Após os debates, foram eleitas as cinco melhores e as cinco piores coisas que aconteceram em Taguatinga em 2011, além de cinco problemas que a cidade tem e que ninguém aguenta mais, como estava na pauta (veja nesta e na página seguinte).

AS MELHORES

Taguaparque foi eleito o melhor do ano

Taguaparque caminhando

Pela ordem, foram eleitas como melhores coisas que aconteceram em Taguatinga no ano de 2011: 1 – Uso pleno do Taguaparque pela comunidade; 2 – A ampliação da EPTG, com a construção da Linha Verde;  3 – Inauguração do Viaduto da QNL; 4 – Reforma do Pronto Socorro do HRT e Conferência de Saúde de Taguatinga; e 5 – I Encontro dos Indignados Protetores de Taguatinga. A apuração foi feita pelos presidentes da OAB, CONSEG, CONSAUDE e ACIT.

 

AS PIORES

Unanimidade entre as entidades: é preciso que a comunidade participe do processo de escolha do Administrador Regional

Administração de Taguatinga

As cinco piores coisas que aconteceram em Taguatinga no ano de 2011 foram: 1 – Troca-troca na Administração Regional; 2 – Falta de Políticas Públicas para tratamento de usuários de drogas; 3 – Mudança da sede do governo; 4 – Conferência das Cidades; e 5 – Desrepeito das autoridades com nossa cidadania.

OS CINCO PROBLEMAS QUE NINGUÉM AGUENTA MAIS

TRÂNSITO, falta de estacionamento, invasão de calçadas

FALTA de saúde, transporte público, segurança e educação

A CRACOLÂNDIA, a prostituição e assaltos no Centro

INVASÃO de áreas públicas por camelôs e comerciantes

DESCASO com os parques vivenciais, que são invadidos

Comentários  

 
0 #1 Duanne 30-04-2012 13:26
sugiro ao pessoal da redação colocar as datas da publicação da reportagem tanto original, quanto virtual para situarmos a época da notícia
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Banner
Banner